Dionísio: Um Encontro no Infinito

marcar eventos listados desmarcar eventos listados

tornar rascunho publicar
{{data.processingText}}
{{numSelectedEvents}} {{numSelectedEvents == 1 ? 'evento selecionado' : 'eventos selecionados' }}
Inscrições abertas de 13/08/2015 a 30/08/2015 às 19:00 .

A mostra é um recorte feito pela então curadora do museu, Raquel Baelles, em 2012, para o projeto Estação MAES, que se constituiu na itinerância de parte do acervo do museu pelo interior do estado, no intuito de democratizar e difundir o acesso às obras pertencentes ao Governo Estadual. O projeto contou com duas edições da exposição, uma em Cachoeiro de Itapemirim e posteriormente em Nova Venécia.

Descrição

Invariavelmente a arte é a ponte, a linha que conecta o artista ao mundo. No caso de Dionísio Del Santo, essa realidade se evidencia sobremaneira. Avesso a manifestações conjuntas, o artista optou por caminhar ao lado, paralelamente, à produção artística do período em que viveu.
Evitando a tentação de circunscrever Dionísio ao ambiente cultural de onde emerge sua obra, propomos buscar nela mesma, e não no que lhe é supostamente externo, os nexos que a tornam parte do entorno estendido. Apontamos assim para a contenção de elementos nesses trabalhos, a ordenação precisa das linhas paralelas e, ademais, a adesão do artista a um código construtivista que mantém preservados seus ideais de afastamento do que é incerto ou impuro.
A exposição aqui apresentada foi concebida a partir da coleção do MAES, e traça uma trajetória construída pela linha. Constitui-se de desenhos e gravuras, realizadas por meio do uso sistemático de procedimentos construtivos e de um repertório restrito de elementos que se repetem e se reforçam mutuamente.
Observamos em seus trabalhos uma dedicação integral a procedimentos de extrema delicadeza e precisão. A linha inexorável, como elemento fundante, como parte central e alinhavadora de toda sua produção, embora aplicada a atividades distintas e por vezes sobrepostas. O artista construiu com ela planos, formas, cores, vertigens e com esses elementos estruturou toda a sua obra e a própria vida.
A clara dimensão do pensamento de Dionísio conduz nosso olhar por essas linhas que percorrem paralelamente o espaço do papel, por caminhos labirínticos sem se encontrarem, evocando a existência de um lugar longínquo no infinito, onde todas as paralelas um dia se encontrão.

Galeria

evento entre e Baixar Planilha

Publicado por

Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo - MAES

Espaço dedicado à formação, produção, difusão e preservação da arte feita no Espírito Santo. Está entre suas finalidades valorizar seu acervo assim como promover o estudo, a produção e a difusão da arte, com ênfase nas expressões locais, em conexão com as manifestações realizadas em nível nacional e internacional.

Nome:

E-mail:

Tipo:

Mensagem:

Enviando mensagem

Enviando mensagem